Mais curtas at random

por llforbes

Eu me divirto lendo a coluna do Sarney às sextas-feiras na Folha. Fico sempre com a impressão que quando termina de escrevê-la, ele deixa a caneta de lado, passa a mão sobre o papel e sorri um sorriso bigodudo de auto-aprovação.


Sério, fogos de artifício e música da vitória do Senna em frente ao julgamento dos Nardoni? Vamos combinar que também entra no hall das psicoses?

Vi hoje que o “livro” da Ana Maria Braga está em sexto lugar na lista dos mais vendidos. Estou seriamente considerando adotar um look cor de saibro e comprar um papagaio.

Muito legal este artigo do Thomas L. Friedman no New York Times (e publicado hoje no Estadão, pg. A26): “The most important economic competition is actually between you and your own imagination. Because what your kids imagine, they can now act on farther, faster, cheaper than ever before — as individuals. Today, just about everything is becoming a commodity, except imagination, except the ability to spark new ideas”.

Gosto cada dia mais de andar de bicicleta. Acho um grande exercício de reflexão. Queria que as pessoas fossem mais auto-analisadas e assim.

Esta música da Nina Simone é muito Gilberto Freyre.

Outro desenho feito pela Louise.

:-)

Laura