Sonhar é preciso

por llforbes

Na Folha de sexta-feira passada (07) saiu uma entrevista com um dos sócios do cinema Belas Artes falando que caso um patrocinador não apareça até julho, o cinema vai ter de fechar. Fiquei aí pensando que seria legal ter em São Paulo (e talvez um bom modelo para captar investimento) um cinema como este aqui, o Electric, em que você pode virar sócio do cinema e de um clubinho (na verdade um restaurante) que fica em cima. O Electric é o cinema mais antigo de Londres, vai fazer 100 anos em 2011, e sem dúvida o mais original e bacana que conheço. Tem sempre uma seleção variada de filmes e programações especiais como “Kid’s Club”, “Electric Scream!” e “Electric Vintage”, poltronas enormes, estilo sofá de casa, e um bar discreto dentro da própria sala (enfim, é tudo que o Cidade Jardim queria ser e a pipoca com azeite trufado não permitiu). :-)

E aproveitando o momento sonhar-é-preciso, ao invés de demolir o minhocão, bem que o Kassab podia transformá-lo em algo parecido com o High Line Park em Nova Iorque, não? Mais área verde, uma boa ciclovia e a revitalização daquele pedaço decrépito do centro da cidade.

:-)

Laura